Mais de 98 turcos detidos por alegado envolvimento em tentativa de golpe de Estado

As autoridades já prenderam 34 dos 53 soldados suspeitos, de acordo a agência Anatólia

As forças de segurança turcas iniciaram hoje uma operação para deter mais 98 pessoas por presumível envolvimento na alegada e frustrada tentativa de golpe de Estado de julho de 2016, noticiou a agência noticiosa Anatólia.

Segundo a agência estatal, na província de Izmir, na costa do Mar Egeu, desde o início da madrugada de hoje, as forças da ordem já prenderam 34 dos 53 soldados suspeitos, a maioria deles no ativo, estando as operações em curso.

Os suspeitos são utilizadores do ByLock, uma aplicação móvel encriptada que, presumivelmente, era utilizada pelos seguidores do clérigo islamita Fettullah Gulen, a quem Ancara responsabiliza pela alegada tentativa de golpe de Estado.

Desde que o regime turco de Recep Erdogan anunciou ter frustrado uma tentativa de golpe, cerca de 140 mil funcionários públicos foram despedidos e cerca de 50.000 foram detidos por alegado vínculo à rede de Gulen.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG