Mãe de Saffie soube agora que filha de 8 anos morreu no atentado

Mulher, de 48 anos, ficou gravemente ferida no atentado e apenas agora recuperou consciência

A mãe de Saffie Roussos, a menina de oito anos que morreu no atentado de Manchester, descobriu recentemente que a filha morreu. Lisa Roussos, de 48 anos, estava no concerto de Ariana Grande com a filha na altura do atentado terrorista e ficou gravemente ferida, assim como a outra filha, mais velha, Ashlee.

Lisa apenas recuperou a consciência este fim de semana, após passar vários dias ligada a máquinas de suporte de vida.

"Ela estava em estado crítico, a princípio, mas saiu do sistema de suporte de vida no sábado e no domingo estava acordada e a falar", esclareceu Mike Swanson, um amigo e porta-voz da família, citado pelo Daily Mail.

Segundo Swanson, Lisa já foi informada de que a filha morreu. Quanto à outra filha Ashlee, Swanson garante que a menina está a recuperar bem e deverá receber alta na próxima semana.

Saffie foi a vítima mortal mais nova do atentado bombista que matou 22 pessoas a 22 de maio, em Manchester.

O atentado de Manchester deixou pelo menos 75 feridos, incluindo crianças e adolescentes. Esta semana foi divulgado que Salman Abedi, o autor do atentado, comprou sozinho a maioria das peças que utilizou para montar o engenho explosivo artesanal.

Segundo a polícia, onze pessoas continuam detidas por suspeita de ligação ao atentado, que obrigou o Governo de Theresa May a aumentar por alguns dias a ameaça terrorista ao nível mais alto, o nível "crítico", o que significa que um ataque pode estar iminente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG