Paul Ryan garante avanço da reforma fiscal apesar da agitação em Washington

"Estou muito confiante de que conseguiremos atingir esse objetivo", acrescentou

O presidente da Câmara dos Representantes, o republicano Paul Ryan, insistiu esta quinta-feira que o Congresso irá rever o sistema tributário americano este ano, apesar das divisões políticas no Congresso e da agitação política em Washington.

"Estou muito confiante de que conseguiremos atingir esse objetivo", disse hoje Ryan, em Washington.

A declaração do líder da Câmara dos Representantes surge numa altura em que arrancou em Washington uma agressiva campanha de "lobbyng" por parte de empresários e homens de negócios, que querem assegurar que a revisão do sistema tributário vai ser mesmo concretizada, como prometeu Donald Trump.

Em abril, o Presidente americano apresentou um projeto de reforma fiscal, renovando a promessa de baixar os impostos a famílias e empresas.

A reforma, que terá de ser ainda negociada no Congresso, abrange uma simplificação do regime de IRS que alegadamente permitirá reduzir os impostos aplicados à generalidade dos americanos, incluindo aos mais ricos.

Trump prometeu ainda eliminar todas as deduções fiscais, com exceção das relacionadas com créditos imobiliários e contribuições para instituições de caridade.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG