Líder do Estado Islâmico no Afeganistão está morto - Governo afegão

O Governo afegão deu hoje como morto o líder do grupo jihadista Estado Islâmico no Afeganistão, Qair Hekmat, referindo que a morte ocorreu durante um bombardeamento das forças de segurança na região norte do país.

"O líder do Estado Islâmico [no Afeganistão], Qair Hekmat, morreu junto a um dos seus seguranças num bombardeamento feito pelas forças aéreas [...] na província de Darzab", informou o porta-voz do Ministério da Defesa afegano, Mohammad Radminish.

Segundo a mesma fonte, o líder jihadista - o terceiro do grupo que morreu nos últimos três anos no Afeganistão - foi enterrado na zona de Babi Marim.

O exército afegão também confirmou esta morte, precisando, em comunicado, que o bombardeamento ocorreu na quinta-feira.

De acordo com esta força de segurança, Mawlavi Habibur Rahiman foi nomeado como sucessor de Qair Hekmat.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG