Le Pen diz ter chegado a hora de "libertar o povo francês"

Líder da Frente Nacional disse estar em jogo "a sobrevivência de França".

"Chegou o momento de libertar o povo francês", afirmou Marine Le Pen, reagindo aos resultados. Afirmando-se como "a candidata do povo", a líder da Frente Nacional apelou a todos para se juntarem a ela na segunda volta a bem do "interesse superior do país". Garantindo estar em jogo "a sobrevivência da França", Marine Le Pen recordou que a grande questão destas eleições passa por travar a "mundialização selvagem que ameaça a nossa civilização".

Agradecendo aos franceses por lhe terem permitido passar a "primeira etapa que deve conduzir os franceses ao Eliseu", a líder da Frente Nacional considerou o seu resultado como "um ato de orgulho francês, o de um povo que volta a erguer a cabeça, certo dos seus valores e confiante no futuro".

Segundo as estimativas do instituto Ipsos, o centrista Emmanuel Macron é o vencedor da primeira volta, com 23,7%, seguido de Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, com 21,7%. Ambos vão à segunda volta, a 7 de maio, com todas as sondagens realizadas até hoje a darem uma larga vitória ao fundador do En Marche! face à líder da FN.

Em terceiro lugar, empatados, surgem François Fillon e Jean-Luc Mélenchon, com 19,5%. O socialista Benoît Hamon não vai além dos 6,2%. Os restantes candidatos não vão além dos 5%.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG