Jovem que brilhou no MasterChef Junior dos EUA morre aos 14 anos

Ben Watkins, vítima de cancro, impressionou Gordon Ramsay com as suas sobremesas em 2018, um ano depois de ter perdido a mãe e o pai.

Ben Watkins, jovem de 14 anos que brilhou no MasterChef Junior dos Estados Unidos em 2018, morreu esta segunda-feira vítima de um cancro raro, confirmou a sua família.

O conhecido chef Gordon Ramsay, que foi um dos jurados do popular programa de culinária, descreveu Ben como "um cozinheiro caseiro incrivelmente talentoso e um jovem ainda mais forte".

Em 2017, um ano antes de participar no concurso de cozinha, Ben perdeu a mãe e o pai num assassinío-suícidio.

Em comunicado publicado na página GoFundMe, a avó Donna Edwards e o tio Anthony Edwards, escreveram que o jovem "foi ao reencontro da mãe após uma batalha de um ano e meio contra o cancro".

"O Ben sofreu mais do que o que devia nos seus 14 anos neste planeta, mas consolamo-nos porque o sofrimento dele finalmente acabou. Ele sabia que era amado por muitos", referiu a família, citada pela BBC.

Ben Watkins era natural dos arredores de Chicago, no estado no Michigan, e aprimorou as suas habilidades culinárias na churrascaria do seu pai, onde trabalhava na caixa registadora, anotava os pedidos e vendia os seus próprios biscoitos caseiros, brownies, bolos de canela e pão de banana.

Ainda assim, o jovem creditou as habilidades na cozinha à mãe. "A minha mãe ensinou-me tudo o que sabia. Ou eu simplesmente aprendi ao olhar para ela", contou uma vez.

No entanto, o pai de Ben, Michael, matou a mãe, Leila Edwards, antes de se matar, em 2017. Após o caso, a avó e o tio tornaram-se os tutores legais do jovem.

No ano seguinte, quando tinha apenas 11 anos, Ben apareceu no programa da Fox, MasterChef Junior, onde deu nas vistas através das suas qualidades a fazer sobremesas, o que, juntamente com a sua trágica história de vida, fez dele um dos favoritos do público.

Ben ficou entre os 18 primeiros classificados do programa, tendo impressionado os jurados com uma torta de pêssego com chantilly e molho de caramelo.

Após completar 13 anos, o jovem foi diagnosticado com histiocitoma fibroso angiomatóide, um tumor raro de tecidos moles. Em julho deste ano, fez quimioterapia para tumores no pulmão, coluna e ombro.

Após a sua morte, um comunicado na página do Instagram do MasterChef refere que Watkins teve uma "atitude extremamente positiva" e foi um "modelo para chefs de todas as idades".

Mais Notícias