O alívio de uma jornalista que ajuda a salvar homem durante furacão

Equipa de reportagem avisou autoridades que estava um homem em perigo e só abandonou local quando este foi resgatado

Uma jornalista ajudou a salvar este domingo o condutor de um camião que se estava a afundar em Houston, Texas, devido ao furacão Harvey. Brandi Smith e o repórter de imagem Mario Sandoval, do canal local KHOU 11 News, estavam a fazer uma reportagem sobre o furacão quando viram um homem preso dentro de um camião numa autoestrada inundada. A água chegava aos 3 metros de altura.

A equipa de reportagem ficou no local - aparentemente deserto - até aparecer ajuda e a jornalista acabou por conseguir chamar a atenção de agentes da polícia que passavam com um barco.

Brandi Smith informou os agentes de que estava um homem em perigo e eles ajudaram-no. Isto tudo enquanto transmitia em direto para a televisão. A jornalista conseguiu manter a calma enquanto falava com o homem que estava em apuros, com as autoridades e reportava o que via.

Para a câmara, Smith realçou que foi uma sorte a polícia ter aparecido porque morreu um homem naquele mesmo local e em condições similares no ano passado.

"Sinto que posso finalmente respirar. É um suspiro de alívio", disse a jornalista quando o homem foi resgatado pelos agentes. Quando o condutor já estava em terra firme, a jornalista pediu-lhe um abraço, visivelmente emocionada.

Durante cerca de 30 minutos, esta equipa de reportagem foi a única do canal de televisão a reportar em direto de Houston, uma das cidades mais afetadas pelo furacão. Os outros funcionários da KHOU 11 News tiveram de abandonar o posto de trabalho e o edifício foi evacuado devido às inundações, segundo o Washington Post.

O editor chefe do canal, Bill Bishop, publicou nas redes sociais como estava a sede do KHOU 11 News quando os jornalistas foram obrigados a deixar o trabalho.

Nas redes sociais, várias pessoas elogiaram o trabalho de Brandi Smith e Mario Sandoval por ficarem no local e não tentarem ir para um local mais seguro.

O furacão Harvey chegou à costa do Texas na sexta-feira à noite como um furacão de categoria 4 e ventos de 210 km/h. Foi depois reduzido a uma tempestade tropical mas ainda assim o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA deixou o alerta: "As chuvas vão levar a inundações prolongadas, perigosas e potencialmente catastróficas durante toda a próxima semana."

O Harvey foi o pior furacão a atingir aquele estado desde 1961.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG