Jornal The Sun "mata" príncipe Filipe

Jornal inglês publicou um artigo que afirmava que o marido da rainha Isabel II tinha morrido

"Príncipe Filipe, anteriormente conhecido como Duque de Edimburgo, era o marido da rainha Isabel II".

Não, o príncipe Filipe não morreu, mas a frase é do jornal britânico The Sun, que noticiou a morte do membro da realeza britânica.

O erro surgiu na sequência da reunião desta quinta-feira, no Palácio de Buckingham, que serviu para depois anunciar que ele se vai retirar e abandonar a vida pública no outono.

O jornal britânico noticiava que o príncipe tinha "morrido aos 95 anos" e explicava ainda "como tinha morrido etc etc etc.", de acordo com o The Independent.

"[Príncipe Filipe] Era casado com a rainha Isabel II e o par teve quatro filho: Carlos, Ana, André e Eduardo", leu-se também no artigo. Alguns meios de comunicação franceses também noticiaram a morte de Filipe.

A notícia foi apagada em poucos minutos mas ainda continuou alguns momentos na página de pesquisa do Google.

A decisão de o Príncipe Filipe se afastar da vida pública foi, de acordo com o comunicado da família real britânica, tomada pelo próprio príncipe Filipe, que fará 96 anos a 10 de junho, e contou com o apoio da rainha de Inglaterra.

O duque irá honrar os compromissos públicos até agosto, mas deixará de aceitar novos convites. Manterá, contudo, a ligação aos 780 organismos de que é membro e poderá escolher um ou outro evento para participar de tempos a tempos, diz a nota de imprensa.

A rainha cumprirá os compromissos oficiais com o apoio dos membros da família real, termina o comunicado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG