Autoridade Palestinana chama o seu representante nos Estados Unidos

No seguimento da transferência da embaixada americana de Telavive para Jerusalém, a Palestina anunciou em comunicado que o seu embaixador nos EUA deve voltar ao país

A Autoridade Palestiniana decidiu chamar o seu representante nos Estados Unidos, numa medida relacionada com a transferência de Telavive para Jerusalém da embaixada norte-americana.

Em comunicado, a Autoridade da Palestina refere que Hossam Zomlot deve regressar aos territórios palestinianos.

A decisão sucedeu aos incidentes de segunda-feira, na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, nos quais morreram pelo menos 60 palestinianos e 2.711 ficaram feridos, enquanto a alguns quilómetros de distância Israel e EUA faziam uma festa para inaugurar a embaixada norte-americana em Jerusalém.

Os militares israelitas quantificaram em 40 mil os manifestantes nas ações de segunda-feira, salientando "a violência inédita" dos manifestantes em relação aos dias anteriores.

Desde que as ações de protesto dos palestinianos começaram em 30 de março último, já morreram 105 palestinianos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG