Inundações na Indonésia fazem pelo menos 23 mortos

Pelo menos 31 mil pessoas abandonaram suas casas devido às inundações.

As inundações que afetaram a região de Jacarta já fizeram 23 mortos, de acordo com um balanço atualizado divulgado esta quinta-feira pelas autoridades indonésias. O balanço anterior registava 18 mortes.

As chuvas torrenciais e a subida dos rios submergiram pelo menos 169 bairros e causaram deslizamentos de terra nos distritos de Bogor e Depok, nos arredores de Jacarta, de acordo com o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Agus Wibowo.

Pelo menos 21 pessoas morreram na região de Jacarta e duas perderam a vida em Lebak, no extremo sul da ilha de Java.

O balanço foi confirmado pela ministra de Assuntos Sociaos, Juliari Peter Batubara, que espera que o número de vítimas mortais não volte a aumentar.

As vítimas morreram afogadas, por hipotermia ou ficaram soterradas durante deslizamentos de terra. Entre as vítimas mortais estão um menino de 8 anos e um adolescente de 16, que morreu eletrocutado.

Estas são as piores inundações em Jacarta desde janeiro de 2013. De acordo com as autoridades, 31 mil pessoas abandonaram as suas casas, mas os números não incluem os habitantes das cidades vizinhas de Jacarta.

O governador de Jacarta, Anies Baswedan, disse que as chuvas torrenciais registadas na capital e nas áreas montanhosas de Java Ocidental causaram o transbordo dos rios Ciliwung e Cisadane.

Com Lusa.

Mais Notícias