Homem que fazia de Darth Vader vende fato original por 2 milhões de dólares

Durante anos Bryce Eller fez de Darth Vader em eventos públicos, desde estreias de filmes, até sessões de autógrafos, passando por convenções e até pelos Óscares de 1978. Agora, o fato, concebido pela equipa de designers de Star Wars, está à venda. O site da leiloeira britânica Bonhams indica que o preço pode ir até aos 2 milhões de dólares

Bryce Eller foi Darth Vader em várias ocasiões durante os anos 1970. "É muito, muito quente", disse, citado pela Reuters, sobre o fato preto feito de cabedal, lã, seda, fibra de vidro e outros materiais. "Tem múltiplas camadas. Leva 25 minutos a vestir. E é preciso ajuda", refere, lembrando que uma vez até desmaiou, depois de estar com o fato vestido quatro horas, tendo ficado desidratado. O 112 veio. Queria cortar-lhe o fato. Ele recusou. "Eu disse, obviamente, que não. Eu ia ficar bem. O fato não".

Agora, passados estes anos, Eller decidiu vender o fato. Através da leiloeira britânica Bonhams. A partir do dia 14 de maio. Antes, o fato do Darth Vader, que foi concebido em Londres em 1979 pela equipa do designer John Mollo para o filme O Império Contra-Ataca, vai estar exposto na Turner Classic Movies a partir de dia 4. "Não se sabe que peças foram usadas no filme", indicou a Bonhams, citada pela Reuters. No site da leiloeira britânica o preço de licitação situa-se entre 1 e 2 milhões de dólares, ou seja, o fato pode custar até 1,8 milhões de euros.

No meso site a leiloeira disponibiliza-se para providenciar, a pedido do cliente, uma análise das componentes do fato por Jez Hill, especialista em tudo o que são máscaras e capacetes usados nos filmes Star Wars e responsável pelo site starwarshelmets.com. Byrce Eller fez de Darth Vader em eventos públicos, desde estreias de filmes, até sessões de autógrafos, passando por convenções e até pelos Óscares de 1978. Nesse ano esteve nomeado na categoria de Melhor Filme Uma Nova Esperança ​​​​​​​de George Lucas. Mas não venceu. O galardão da Academia acabou por ir para o filme Annie Hall do realizador norte-americano Woody Allen.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG