Homem morre atacado por elefantes

O homem deslocava-se a pé para uma aldeia e a lanterna que transportava terá chamado a atenção dos elefantes

Um homem morreu esta quinta-feira, no município de Buco Zau, província angolana de Cabinda, norte do país, após um ataque de elefantes, anunciou a polícia local.

Segundo uma informação oficial do comando municipal do Buco Zau da Polícia Nacional, o incidente ocorreu às 05:00 (menos uma hora em Lisboa) desta quinta-feira, quando o homem, de 54 anos, se deslocava a pé para uma aldeia onde pretendia visitar familiares.

A agência noticiosa angolana, Angop, adianta apenas que a vítima transportava uma lanterna, que deverá ter chamado a atenção dos animais.

Incidentes entre elefantes e humanos na província de Cabinda são comuns há algum tempo, sobretudo com animais que geralmente devastam lavras, tendo o governo angolano promovido em 2014 uma ação de formação com especialistas estrangeiros, para educar as comunidades sobre como conviverem com os mamíferos.

Na altura, o responsável do Centro Agrário de Buco Zau, Próspero Matunga, disse que existiam no município aldeias onde a população havia abandonado as suas moradias por temer a presença dos elefantes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG