Homem de 102 anos sobrevive ao covid-19 e pede hino do Flamengo ao deixar hospital (vídeo)

Raimundo Miranda da Silva deixa 'Centro Covid-3', na cidade de Santana, no estado brasileiro do Amapá, ao som de aplausos e do hino do clube do coração

Um homem brasileiro de 102 anos sobreviveu ao covid-19 e, após várias semanas internado num hospital, pediu para sair da unidade hospitalar na cidade de Santana, no estado do Amapá, ao som do hino do Flamengo.

À porta do Centro Covid-3, Raimundo Miranda da Silva ouviu o hino do clube do coração, que tem Jorge Jesus como treinador, e os aplausos de amigos e familiares.

"Ele tem boa visão e audição, por isso consegue acompanhar os jogos. É uma paixão pelo clube, que todos crescemos vendo, por isso não foi surpresa o pedido do hino ao sair do hospital", disse uma das filhas Maria Francinete, ao Globo Esporte.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 1,88 milhões de casos e 72.833 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 573 mil mortos e infetou mais de 13,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mais Notícias