Guardia Civil publica vídeo de resgate de Julen

Autoridades espanholas publicam vídeo que dá conta dos últimos centímetros escavados para se chegar ao corpo de Julen, encontrado sem vida. Ministro do Interior agradeceu a todos os profissionais que participaram na operação de resgate que durou 13 dias.

A Guardia Civil espanhola publicou esta tarde no Twitter um vídeo sobre os últimos momentos da operação de resgate de Julen Rosaló. Segundo refere o tweet, ao mostrar estas imagens, a Guardia Civil pretende agradecer a todos os mineiros que participaram na que já foi considerada uma operação muito complexa.

"O nosso agradecimento a todos os que de Espanha e de outros lugares deram o melhor de si próprios para perseguirmos um sonho, que, infelizmente, não se tornou realidade - resgatar Julen com vida. O vosso exemplo e esforço pela procura de Julen ficará para sempre", refere o tweet da Guardia Civil.

O ministro do Interior espanhol, Fernando Grande-Marlaska, elogiou também o trabalho da Guardia Civil e de todos os profissionais que participaram nesta operação.

Julen, de dois anos, caiu a um poço num terreno que pertencia a um tio, na zona de Totalán, Málaga, tendo ficado a mais de 70 metros de profundidade, já que aquele espaço terá de mais de 100 metros. Foram necessários 13 dias para se conseguir chegar até ao corpo da criança, sendo que o final da operação, que mobilizou mais de 300 mineiros, levou mais de 32 horas de trabalho.

Passava da uma manhã, quando o corpo de Julen foi encontrado sem vida, a partir daí foram feitas todas as démarches para informar os pais da situação e acionar os serviços de saúde pública para remover o corpo da criança.

A autópsia foi realizada logo pela manhã e indicava que Julen apresentava um "traumatismo cranioencefálico grave" e múltiplos traumatismos compatíveis com a queda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG