Golden Gate esteve em obras e agora "canta". Mas nem todos gostam da música

Em dias de vento forte o ruído, que já foi comparado a um sussurro sinistro, pode-se ouvir em toda a área da baía de São Francisco.

A Ponte Golden Gate tem estado em obras. Mas as novas ripas de proteção na ciclovia não trazem apenas mais segurança: são responsáveis por fazer a ponte "cantar".

O problema é que a música, que em dias de vento forte pode ser ouvida a vários quilómetros de distância, não agrada a toda a gente.

Para uns, o ruído é um sussurro sinistro, para outros, um canto "angélico e celestial". Uma coisa é certa: deixou muitos residentes de São Francisco intrigados e à procura de respostas nas redes sociais.

O som já se ouve há algumas semanas, mas na sexta-feira, por causa dos ventos particularmente fortes, ouvia-se em toda a cidade.

"Faz parte do projeto de reajuste eólico, em que substituímos grande parte do corrimão oeste, para que a ponte possa ficar mais resistente a ventos fortes", explicou Paolo Cosulich-Schwartz, da empresa ligada à manutenção da ponte, à estação de televisão local. "As ripas do novo corrimão são muito mais finas do que as antigas, o que significa que o ar pode fluir mais livremente através da ponte", acrescentou.

"É algo novo e vai demorar tempo a ajustarmo-nos", disse Cosulich Schwartz, indicando que era algo já previsto. "É um novo elemento interessante para uma ponte de 83 anos. Não é todos os dias que podemos introduzir algo novo numa estrutura tão antiga", concluiu, indicando que só foi ainda substituído 75% do corrimão, pelo que poderá ainda vir a soar mais alto no futuro.

A Golden Gate, inaugurada em 1937, era então a mais alta e mais comprida ponte de suspensão do mundo. Mede 1280 metros de comprimento e 227 metros de altura. Liga São Francisco a Marin County.

Mais Notícias