Genro do ex-primeiro-ministro Sharif detido no regresso ao Paquistão

O ex-primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, foi acusado de corrupção no final do mês passado devido ao seu envolvimento em empresas sediadas em paraísos fiscais

As autoridades do Paquistão detiveram esta segunda-feira o genro do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif devido a casos de corrupção que pendem contra si.

Mohammad Safdar foi detido ao chegar ao aeroporto de Islamabad procedente de Londres, indicou o ministro Talal Chaudhry citado pela agência norte-americana Associated Press.

A justiça paquistanesa anunciou, no final do mês passado, a decisão de acusar o ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif de corrupção e emitiu ordens de prisão contra os três filhos e um genro do ex-chefe de governo por falta de comparência em tribunal.

O Supremo do Paquistão decidiu, em julho, inabilitar Nawaz Sharif devido ao seu envolvimento em empresas sediadas em paraísos fiscais.

Os problemas de Sharif começaram com a divulgação, em abril de 2016, dos "Papéis do Panamá", com os milhões de documentos provenientes da sociedade de advogados Mossack Fonseca a revelarem que três dos quatro filhos de Sharif constituíram empresas nas Ilhas Virgens Britânicas através das quais controlam propriedades em Londres.

Tal levou o Supremo a lançar uma investigação após um ano de protestos por parte da oposição.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG