Francês condenado à morte com pena reduzida para 19 anos

Félix Dorfin foi detido em setembro de 2018 com ecstasy e anfetaminas escondidos numa mala de fundo duplo.

A pena do francês Felix Dorfin, condenado à morte na Indonésia por tráfico de droga, foi esta sexta-feira comutada para 19 anos de prisão, anunciou o advogado. "Louvado seja Deus, a sentença de Dorfin foi comutada", disse Denny Nur Indra, que citou a decisão do Supremo Tribunal de Lombok, que deve ser divulgada durante o dia de hoje.

O francês Félix Dorfin, de 35 anos, oriundo de Bethune (norte de França), tinha sido condenado à morte em 20 de maio.

A acusação tinha pedido 20 anos de prisão e uma multa de 10 mil milhões de rupias ou, na falta de pagamento desta, mais um ano de prisão.

No entanto, o juiz teve em conta "o fator agravante de que Félix Dorfin faria parte de uma rede de tráfico de drogas e possuía uma grande quantidade de estupefacientes em seu poder".

Dorfin foi detido no final de setembro no aeroporto de Lombok, ilha turística perto de Bali, proveniente de Singapura, com cerca de três quilogramas de 'ecstasy', anfetaminas e quetamina, escondidos numa mala de fundo duplo.

O francês conseguiu fugir do centro de detenção da polícia onde se encontrava, mas foi capturado 11 dias depois numa floresta no norte da ilha de Lombok, após indicações dos habitantes locais.

Mais Notícias