EUA. Quase 31 milhões de pessoas viram tomada de posse pela televisão

A questão da assistência e das audiências da tomada de posse tem marcado os primeiros dias da presidência de Trump

Quase 31 milhões de pessoas viram pela televisão a cerimónia de investidura de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos, segundo a consultora Nielsen, abaixo da audiência que registou a tomada de posse de Barack Obama.

O ato principal, celebrado na sexta-feira nas escadas do Capitólio, em Washington, foi o momento alto da tomada de posse do magnata nova-iorquino.

A empresa de estudos de mercado adianta, num comunicado citado pela agência Efe, que até doze canais de televisão fizeram transmissões em direto da investidura, entre as 10:00 horas (15:00 GMT) e as 18:00 (23:00 GMT).

Segundo os mesmos dados, a cerimónia de Trump ficou atrás dos 37,8 milhões de pessoas que viram pela televisão a primeira investidura de Barack Obama, em 2009.

George W. Bush teve uma audiência de 29 milhões en 2001, algo menos que a de Bill Clinton em 1993 e longe dos 41,8 milhões que viram a de Ronald Reagan em 1981.

A questão da assistência e das audiências tem marcado os primeiros dias da presidência de Trump, com o porta-voz do presidente e o próprio Trump a insistirem que a tomada de posse bateu todos os recordes de afluência, acusando os jornalistas de manipular os números e de usar fotografias que não representam o que se passou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG