Estrela de Donald Trump em Hollywood vandalizada (outra vez)

Letras do nome de Trump foram destruídas com martelo

A estrela de Donald Trump em Hollywood foi novamente vandalizada, por um homem que destruiu com um martelo as letras douradas que formam o nome do candidato republicano às presidenciais norte-americanas, visado por acusações de abusos sexuais.

Um homem identificado como James Otis declarou a vários media locais ter atacado, a golpes de picareta e martelo, esta estrela no Passeio da Fama de Hollywood, em Los Angeles, para protestar contra os maus tratos sexuais de que Trump é acusado por várias mulheres e que este nega perentoriamente.

Otis tencionava inicialmente extrair a estrela, e levá-la a leilão e reverter a receita para as mulheres que acusam o magnata de assédio ou abusos.

O manifestante não conseguiu, no entanto, levar a laje em que está cimentada no chão a homenagem a Donald Trump, pela sua prestação na emissão do reality-show "O aprendiz - Quem conseguirá o emprego".

Este ato foi filmado por vários meios de comunicação locais.

Num vídeo publicado pelo site de informação de cinema e televisão Deadline.com, Otis, vestido como um trabalhador da construção civil, afirma que quatro pessoas da sua família sofreram abusos sexuais.

"Sou totalmente contrário a termos um candidato à presidência que seja um porta-estandarte" dos abusadores sexuais, disse.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG