Estado Islâmico reivindica ataque em universidade de Ohio

Ataque foi perpetrado por um estudante de origem somali, que feriu onze pessoas

O homem que ontem conduziu contra um grupo de estudantes na universidade do estado de Ohio, atacando-os depois com uma faca de talhante, é "um soldado" do Estado Islâmico, anunciou o grupo terrorista através da AMAQ, a sua agência de propaganda.

O agressor, um jovem somali que era aluno na universidade, feriu 11 pessoas antes de ser abatido por um agente da polícia.

As autoridades não quiseram inicialmente revelar o nome do suspeito, entretanto identificado como Abdul Razak Ali Artan, que residia na área onde ocorreu o ataque e tinha autorização para permanecer nos EUA. O automóvel que utilizou estava registado em nome de um familiar.

Ali Artan estudava no campus de Columbus, da universidade de Ohio, e terá chegado aos EUA com a família em 2007. Antes de se estabelecer definitivamente no país, há cerca de dois anos, ainda terá vivido no Paquistão.

O estudante proferiu ameaças contra os Estados Unidos no Facebook antes de realizar o ataque, referiu a imprensa norte-americana.

A polícia ainda não descartou a possibilidade de um ataque terrorista.

Com Reuters

Mais Notícias

Outras Notícias GMG