Polícia da Catalunha finaliza identificação dos atacantes

A polícia da Catalunha confirmou hoje que Yousseff Aalla morreu na explosão em Alcanar, Tarragona, onde supostamente o grupo de atacantes esteve a preparar, durante meses, o atentado em Barcelona.

Fontes ligadas à investigação disseram à Efe que as amostras de ADN recolhidas dos restos mortais encontrados na casa, permitiram determinar que Youssef Aalla é "o segundo terrorista" morto na explosão ocorrida na vivenda.

O outro morto foi Abdelbaki Es Satty, o imã de Ripoll.

A polícia da Catalunha (Mossos d'Esquadra) comunicam que finalizaram o processo legal de identificação dos membros da "célula terrorista" responsável pelos atentados de Barcelona e Cambrils.

Youssef Aalla era irmão de Said, que foi abatido pela polícia catalã em Cambrils, e de Mohamed que prestou declarações à Audiência Nacional, em Madrid, na quarta-feira, e que foi libertado pelo juiz.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG