Espanha. Homem detido por degolar mulher na presença da filha de ambos

Agentes da Polícia Nacional de Dénia (Alicante) detiveram esta madrugada de terça-feira um homem de 54 anos como presumível autor da morte da sua mulher de 44 anos, a quem degolou na presença da filha de ambos de 11 anos.

O casal, de nacionalidade russa, não estava já junto, mas o homem (54 anos) entrou em casa pela varanda à qual acedeu com a utilização de uma escada. Além disso, segundo fontes da investigação, a mulher (44) tinha denunciado o homem no passado dia 1 de outubro e existia já uma ordem de interdição de contacto.

Os agentes chegaram à residência pelas 4:30, depois de terem recebido uma chamada de uma vizinha que despertou com os gritos. O homem foi detido.

Segundo a imprensa espanhola o homem utilizou uma escada para alcançar uma varanda no primeiro andar e daí utilizou a escada para alcançar o segundo piso. Ainda de acordo com os relatos conhecidos os vizinhos terão ouvido gritos e a menor a gritar "vais matar-nos".

"Era uma miúda maravilhosa, igual à mãe", contou ao diário espanhol El País uma amiga da família e que dirige a escola municipal de teatro frequentada pela criança.

Quando os primeiros agentes chegaram a mulher já estava morta na sequência de um golpe profundo no pescoço.

Helena Veslos foi a terceira mulher morta em Espanha na sequência de violência doméstica em três dias. Até ao momento morreram 47 mulheres no país vítimas de violência doméstica.

Em Portugal, desde o início do ano, já morreram 30' pessoas vitimas de violência doméstica, a esmagadora maioria mulheres.

Mais Notícias