Espanha fecha todos os hotéis

Espanha decretou esta sexta-feira o encerramento de todos os hotéis no seu território, para conter a propagação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A medida, publicada no Diário da República espanhol e confirmada pela agência francesa AFP, ordena "a suspensão da abertura ao público de todos os hotéis e similares, alojamentos turísticos e outros locais para estadias curtas".

O encerramento durará sete dias, renováveis após avaliação do estado da situação.

Na quarta-feira, o diário espanhol El País informou que há dias que os hotéis espanhóis estão praticamente vazios, com taxas de ocupação na ordem de menos de 10 por cento.

Espanha prepara-se para "os dias mais duros" de combate à epidemia, numa altura em que o número de mortos aumentou perto de 30 por cento nas últimas 24 horas.

Espanha é, atualmente, o quarto país mais afetado pela epidemia (e o segundo europeu, a seguir a Itália), que já causou 767 mortos no país, onde o número de infetados já ultrapassa os 17 mil, segundo os dados anunciados esta quinta-feira pelo Ministério da Saúde.

Portugal já encerrou as fronteiras com Espanha, exceto para o transporte de mercadorias.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, infetou mais de 235 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.800 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 86.600 recuperaram da doença.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 177 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a tornar-se esta quinta-feira o país do mundo com maior número de vítimas mortais (3.405 mortos em 41.035 casos).

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde elevou esta quinta-feira o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira. Já o número de mortos subiu para quatro.

LEIA MAIS AQUI

Mais Notícias