Duas explosões em fábrica química inundada pelo Harvey

Proprietário da fábrica no Texas tinha avisado para o risco de explosão como consequência do furacão e zona envolvente tinha sido evacuada.

Pelo menos duas explosões foram ouvidas na fábrica de produtos químicos Arkema Inc, em Crosby, a 40 quilómetros de Houston, com relatos de que há fumo negro a sair do edifício. As autoridades recomendam que os residentes da área fiquem afastados.

Pelo menos uma pessoa foi hospitalizada, o adjunto do xerife local, por inalação de químicos.

"Por volta das 02.00 locais [08.00 em Lisboa], fomos avisados pelo Centro de Operações de Emergência do condado de Harris de duas explosões e de fumo negro a sair da fábrica Arkema em Crosby", indicou a empresa num comunicado.

"Queremos que os residentes tenham em conta que os produtos são guardados em diferentes locais na fábrica e que se mantém a ameaça de mais explosões", acrescentou, pedindo para as pessoas não regressarem à zona evacuada até as autoridades declararem que é seguro fazê-lo.

O presidente executivo da fábrica tinha alertado para o facto de a instalação poder explodir e causar um enorme incêndio, devido à inundação e falta de eletricidade causada pela tempestade Harvey. A fábrica tinha-se preparado para o furacão, mas a inundação destruiu dois geradores de emergência, acabando com a capacidade de refrigeração.

"Perdemos a refrigeração essencial dos materiais no local e pode haver uma explosão e um fogo intenso de seguida", alertou o presidente executivo (CEO) da Arkema, Rich Rowe.

A fábrica produz peróxido orgânico em Crosby, uma cidade a 40 quilómetros de Houston, uma das principais cidades afetadas pela tempestade Harvey. O peróxido orgânico é extremamente inflamável e a melhor solução, em caso de incêndio, é deixar que este continue a arder até que não haja mais combustível.

As autoridades evacuaram o local e as habitações num perímetro de mais de dois quilómetros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG