Donald Trump revela que vacina da Moderna foi aprovada

Presidente cessante dos Estados Unidos diz que a "distribuição deve começar imediatamente"

O presidente cessante Donald Trump revelou esta sexta-feira que os Estados Unidos autorizaram uma segunda vacina contra a Covid-19 e disparou contra os reguladores que ainda não deram formalmente a luz verde.

"A vacina da Moderna foi aprovada por esmagadora maioria. A distribuição deve começar imediatamente", escreveu no Twitter.

Esta anúncio segue a recomendação dada esta quinta-feira por parte de um painel de especialistas para que fosse concedida a aprovação do uso de emergência da vacina.

A Food and Drug Administration deverá emitir uma aprovação formal esta sexta-feira, o que tornará a vacina da Moderna a segunda a ser aprovada no país, a seguir à da Pfizer-BioNTech.

O anúncio de Trump foi feito numa altura em que o vice-presidente americano Mike Pence e a mulher receberam a vacina ao vivo na televisão, numa exibição pública destinada a aumentar a confiança da população americana no imunizante.

Pence disse que a aprovação formal para a vacina da Moderna seria uma questão de horas. "Temos uma, talvez dentro de horas duas, vacinas seguras e eficazes contra o coronavírus", afirmou.

Ambas as vacinas são pioneiras, baseadando-se na tecnologia de mRNA (ácido ribonucléico mensageiro) de ponta, que nunca foi aprovada antes da pandemia, e ambas funcionam em regime de duas doses.

Os EUA, que registam mais de 17 milhões de casos confirmados, vão provavelmente tornar-se no primeiro país a aprovar a vacina da Moderna.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG