Detido mais um suspeito de envolvimento no atentado de Estocolmo

Quatro pessoas morreram atropeladas na rua pedonal mais frequentada da capital sueca

Uma pessoa foi detida no âmbito do inquérito ao atentado com um camião no dia 07 de abril em Estocolmo, anunciou hoje a polícia, sem precisar as suas ligações com o principal suspeito, que está também detido.

O atentado fez quatro mortos, dois suecos, um britânico e um belga, atropelados na rua pedonal mais frequentada da capital sueca, e não foi reivindicado.

Um uzbeque de 39 anos, Rakhmat Akilov, admitiu ser o condutor do camião roubado que lançou contra a multidão, mas os investigadores continuam a procurar eventuais cúmplices e detiveram mais uma pessoa, sobre a qual não adiantaram qualquer pormenor.

"Esta pessoa foi colocada em detenção no domingo", indicou a polícia, em comunicado.

"A polícia e os serviços de segurança realizaram juntos a detenção, após analisarem uma grande quantidade de elementos recolhidos durante o inquérito", acrescentou.

Até quarta-feira à tarde, a procuradoria deverá decidir se mantém o suspeito em prisão preventiva.

Akilov, em situação irregular desde que as autoridades rejeitaram o seu pedido de asilo em 2016, manifestou, segundo os investigadores, "um interesse pelos grupos extremistas, nomeadamente o Estado Islâmico".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG