Descoberto narcotúnel de 1,3 km entre EUA e México

Maior túnel subterrâneo clandestino alguma vez encontrado na zona de San Diego tem 1.313 metros de comprimento, 1,5 m de altura e cerca de 60 centímetros de largura

A patrulha fronteiriça mexicana apresentou esta quarta-feira em conferência de imprensa em San Diego detalhes da descoberta de um túnel transfronteiriço clandestino de mais de 1,3 quilómetros de comprimento entre o sul da Califórnia e a cidade mexicana de Tijuana.

As autoridades dizem que se trata do maior túnel encontrado até agora na área de San Diego e que foi descoberto por uma coligação interinstitucional chamada Força de Tarefa de Túneis Fronteiriços.

"O que torna este túnel único é a sua extensão e que é altamente sofisticado, embora não saibamos quanto tempo levou a ser construído. Obviamente, demorou muito tempo", disse à EFE o agente especial encarregado das investigações de segurança interna em San Diego, Cardell Morant.

O túnel começa em Tijuana e atravessa o sul de San Diego ao longo de um total de 1.313 metros, medindo aproximadamente um metro e meio de altura e cerca de 60 centímetros de largura.

Segundo Morant, o túnel possui ar condicionado, elevador e sistema ferroviário similares aos utilizados em projetos mineiros, além de sistema de iluminação com fio, fonte de alimentação de alta tensão e drenagem.

A Patrulha Fronteiriça informou que a passagem secreta foi descoberta inicialmente em agosto do ano passado, mas foi inundada e a água teve de ser drenada.

O diretor da Administração Federal de Medicamentos em San Diego, John Callery, disse que o nível de sofisticação significa que foi feito um forte investimento de recursos e um esforço prolongado de construção e frisou que "os cartéis de drogas mexicanos foram forçados a construi-lo" devido ao aumento de segurança na região.

O túnel estava localizado perto de um local onde o primeiro túnel transfronteiriço entre México e Estados Unidos foi encontrado em 1993, a 500 metros a oeste do porto de entrada Otay Mesa.

Recentemente, o Serviço de Imigração e Controlo de Alfândegas estimou que até ao ano passado foram descobertos mais de 200 túneis na fronteira entre México e Estados Unidos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG