Depois de 14 rapazes, casal do Michigan tem uma filha à 15ª tentativa

Durante três décadas, os norte-americanos Kateri e Jay Schwandt esforçaram-se para ter uma rapariga na família. Não foi à primeira, nem à segunda, nem à terceira gravidez... só à décima quinta vez é que os genes desistiram de teimar numa descendência masculina.

Chama-se Maggie Jayne, nasceu na quinta-feira e é a mais recente dos filhos da família Schwandt. O nascimento da menina não seria notícia se o casal não andasse quase há trinta anos a tentar ter uma segunda mulher na família. Até agora, além de 14 rapazes e o pai, só existia a mãe Kateri como representante do sexo feminino na casa onde vivem, numa quinta em Lakeview, no estado do Michigan.

A notícia do nascimento surgiu primeiro no canal que a família tem no Facebook e que se chama 14Outdoorsmen (14 Homens ao ar livre) e logo que se soube do acontecimento a imprensa local, bem como a de âmbito nacional, transformou o momento familiar em nacional - e internacional como se pode comprovar com esta notícia.

O filho mais velho, Tyler, com 28 anos, suspirou de alívio com a sorte dos pais e comentou que "eles desesperavam por ter uma filha em casa". Tyler acrescentou que "não sei se a minha mãe tem alguma roupa cor de rosa em casa!"

Além de Tyler, a menina, 15.ª filho dos Schwandt, junta-se a Tommy, Calvin, Drew, Zach, Brandon, Gabe, Vinny, Wesley, Charlie, Luke, Finley, Tucker e Francisco.

No blogue da família existe vários relatos do seu dia a dia masculino. Por exemplo, de que até o animal de estimação é um cão: Boomer.

Ou que a "mãe está em grande minoria e que há na nossa casa testerona suficiente para encher um estádio!"

Quanto a personalidades, também são muito diferentes uns dos outros: "Há uma grande variedade de interesses pessoais e a única situação comum é a paixão pela vida ao ar livre." Até porque moram a cerca de 40 quilómetros dos Grandes Rápidos.

E o que fazem nos arredores da casa? "Caçamos veados, fazemos pescarias, subimos às árvores, acampamos, colecionamos insetos, plantamos árvores; a única condição é tudo ser feito no exterior da nossa habitação", dizem.

Quanto aos pais, Kateri e Jay, a sensação de terem conseguido o seu objetivo ficou registado desta forma no blogue: "Estamos muito felizes e entusiasmados por juntar Maggie Jayne à nossa família."

Os dois membros do casal têm 45 anos e consideram que 2020 foi um tempo ótimo: "Este ano tem sido memorável para várias razões, mas Maggie é a maior dádiva que poderíamos imaginar receber."

O casal começou a namorar ainda na escola e casou-se em 1993, antes de irem estudar para a universidade. Enquanto não se formaram tiveram três filhos.

Kateri trabalha na área dos serviços sociais e Jay é advogado, além de agricultor.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG