Exclusivo De Port Said a Suez - IV

Mais um tesouro do baú do DN: Eça de Queiroz, com 24 anos, a publicar em 1870 quatro reportagens no Egito, endereçadas ao amigo Eduardo Coelho, fundador do Diário de Notícias. Esta é a quarta e última delas.

A passagem dos hebreus nos lagos Amargos; A terra dos Patriarcas vista de bordo do Fayoum ; A mocidade de Moisés passou-se no istmo ; Abraão e Jacob; ; Fugida de Jesus para o vale do Nilo através do istmo ; Foguetes que estalam sobre a terra bíblica de Gessen ; Perto de Suez ; A maré do mar Vermelho ; Conferência de sábios no deserto ; Os operários aclamam a passagem dos navios ; O Sinai ao longe ; A sede em Suez ; Mr. De Lesseps dá de beber a Suez ; Gente que foge das árvores como de monstros ; As costas da Arábia ; O oásis de Moisés ; Dez anos antes à beira do mar ; Que pancada de alvião!

Os lagos Amargos são os restos do antigo golfo Helisopolete, águas do mar Vermelho que vinham até aqui. Foi neste lugar que passaram os hebreus, guiados por Moisés; foi aqui que ficaram sepultadas as legiões dos faraós, quinze mil homens e mil e duzentos carros. Para o lado do Egito, a lua branqueava uma vasta planície: era Gessen, a terra dos Patriarcas. Os faraós tinham dado aquele lugar aos hebreus, lugar então cheio de culturas e de searas, hoje coberto de areias. Foi dali que eles partiram em demanda de Canaã. Dali tomaram para o sul, para os desertos da Arábia e do Sinai, para evitar o encontro dos exércitos egípcios. Moisés conhecia bem aqueles lugares. A sua mocidade tinha-se passado no istmo. Demais, aquele lugar era tradicionalmente a passagem dos que vinham da Síria, pela Caldeia e pela Idumeia. Abraão, José, Jacob, tinham ali passado nas suas viagens ao Egito. Foi por ali também, mas um pouco mais ao norte, a pouca distância do lago Timsah, que muitos séculos depois o descendente de tantos patriarcas, e de tantos profetas, Jesus, passou levado por sua mãe que fugia para o vale do Nilo. Os árabes mostram ainda hoje este lugar. Enquanto olhávamos aqueles lugares bíblicos, os fogos-de-artifício estalavam por todo o ar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG