Cruzeiro destruiu parte de recife de coral causando estragos no ecossistema

O navio Caledonian Sky, de 4.290 toneladas, colidiu com recifes na costa da ilha de Kri

Um navio de cruzeiro britânico chocou contra um recife de coral na Indonésia, causando estragos numa zona conhecida como um dos ecossistemas marinhos com maior biodiversidade, disseram esta terça-feira investigadores.

O navio Caledonian Sky, de 4.290 toneladas, colidiu, no início deste mês, com recifes na costa da ilha de Kri, uma das centenas de ilhas de Raja Ampat, depois de ter deixado em terra turistas para participarem numa expedição para observação de aves.

Raja Ampat, numa zona remota do leste do arquipélago indonésio junto à Papua ocidental, é famosa sobretudo entre os entusiastas do mergulho desportivo pelos recifes de coral e profusão de espécies.

O Caledonian Sky transportava 102 passageiros e 79 tripulantes, ficou encalhado nos recifes e teve de ser rebocado.

O acidente danificou uma área estimada em 13.500 metros quadrados de recifes de coral e a sua recuperação pode representar um custo de mais de 16,2 milhões de dólares (15,2 milhões de euros), segundo o investigador da Universidade de Papua Ricardo Tapilatu, que liderou uma equipa com a tarefa de estudar o impacto do acidente na natureza.

O Governo indonésio, através de um responsável do Ministério dos Negócios Estrangeiros Arif Havas Oegroseno, já anunciou que vai ter uma posição forte na resposta à destruição dos recifes e que foi criado um grupo de trabalho para acompanhar os aspetos civil e criminal da situação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG