Covid-19. Polícia belga interrompe nova orgia por incumprimento de regras

A polícia belga interrompeu no último fim de semana uma orgia ilegal por não cumprir as regras contra a covid-19 na cidade de Paal, zona leste do país

A informação foi adiantada esta segunda-feira pelo jornal DH, acrescentando que foram dez pessoas que participaram na orgia.

A ação dos agentes ocorreu na sexta-feira, às 21:30 locais (20:30 em Lisboa), exatamente uma semana depois de as forças de ordem terem terminado com uma outra orgia com 25 homens, em Bruxelas, na qual participou József Szájer, o braço direito no Parlamento Europeu do primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán.

O eurodeputado já renunciou ao cargo.

Tal como na semana passada, os agentes foram alertados de que estava a acontecer uma festa ilegal, e quando se deslocaram ao local descobriram que se tratava de uma sessão de sexo em grupo.

Os bombeiros tiveram que forçar a entrada no edifício e, embora desta vez ninguém tenha tentado escapar por um cano como Szájer tentou, um dos participantes tentou esconder-se num armário para não ser identificado pelos agentes.

As forças de segurança multaram cada participante em 250 euros e uma mulher foi detida provisoriamente por se ter recusado a cooperar com a polícia, acrescentou o jornal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG