Coreia do Sul diz que Kim Jong-un está "vivo e de boa saúde"

Para as autoridades da Coreia do Sul, o líder norte-coreano está hospedado desde 13 de abril num resort em Wonsan.

As autoridades sul-coreanas consideram que o líder da Coreia do Norte está "vivo e de boa saúde", minimizando a seriedade dos rumores sobre os alegados de problemas de saúde de Kim Jong-un.

"A posição do nosso Governo é firme", disse Moon Chung-in, conselheiro especial do Presidente sul-coreano em segurança nacional, à emissora de televisão norte-americana CNN, no domingo.

O conselheiro acrescentou ainda que o líder norte-coreano está hospedado desde 13 de abril em Wonsan, um resort à beira-mar no leste do país. "Nenhuma ação suspeita foi detetada até agora", reforçou.

Na semana passada, a cadeia de televisão norte-americana CNN tinha noticiado, citando um responsável norte-americano, que os EUA tinham acesso a informações de que Kim Jong-un estaria "em estado grave", devido a complicações pós-operatórias.

As dúvidas sobre os possíveis problemas de saúde do líder norte-coreano surgiram após a sua ausência na tradicional visita ao mausoléu de Pyongyang, onde permanece o corpo do seu avô Kim Il-sung, de acordo com as imagens divulgadas pelos media do país.

Por tradição, no dia 15 de abril, aniversário do nascimento do seu avô e a principal festividade nacional, Kim Jong-un visita o Palácio do Sol de Kumsusan e presta tributo ao fundador da Coreia do Norte, com ampla cobertura dos media controlados pelo regime.

Kim Jong-un não faz aparições públicas desde que presidiu um encontro do politburo do Partido dos Trabalhadores, a 11 de abril, e no dia seguinte a imprensa estatal divulgou que teria inspecionado caças-bombardeiros numa unidade de defesa aérea.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG