Cidade alemã sorteia campas de cemitério para responder à procura

O município alemão de Berchtesgaden está hoje a sortear cerca de 200 campas que ficaram livres no cemitério local, para responder à forte procura, anunciou a autarquia.

A cidade, situada na Baviera, junto à fronteira com a Áustria, é a única no país com mais procura do que oferta.

No total, são 140 jazigos e 90 túmulos para cremados que estão a ser sorteados.

Os preços podem variar entre os 490 e os 760 euros.

O presidente da Câmara, Franz Rasp, acredita que esta "é a maneira mais justa para que ninguém fique prejudicado".

O autarca de Berchtesgaden justifica a intensa procura deste cemitério "por ser antigo, muito central e cheio de história".

De acordo com a Associação Federal de Agentes Funerários, citada pela Deutsche Welle, o caso de Berchtesgaden é inédito, já que na Alemanha são muitos os cemitérios com campas por ocupar.

Em Berchtesgaden, pelo contrário, as autoridades foram durante vários anos obrigadas a rejeitar candidatos.

A câmara municipal desta região nos Alpes alemães decidiu criar um sorteio para distribuir as campas que ficaram vagas no cemitério, construído no final do século XVII.

Inscreveram-se mais de 280 habitantes.

O presidente da câmara mostrou-se surpreendido com o sucesso desta iniciativa, "não só entre os moradores, como também junto dos meios de comunicação social".

A cidade de Berchtesgaden, que tem atualmente 7.800 moradores, ficou conhecida por ser o local de férias de Adolf Hitler.

A casa, situada na montanha de Obersalzberg, por cima da cidade, funcionou como uma segunda sede do governo do Terceiro Reich.

Atualmente esta localidade da Baviera é um destino procurado por turistas e montanhistas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG