Justiça belga encerra pedido de extradição de Puigdemont e conselheiros

O político espanhol está a ser processado judicialmente, juntamente com quatro antigos conselheiros, por crimes que incluem rebelião, mau uso de fundos públicos e desobediência

A justiça belga arquivou hoje o pedido das autoridades espanholas de extradição do ex-presidente catalão Carles Puigdemont e quatro antigos conselheiros, que se encontram a residir em Bruxelas, noticiou a EFE.

Puidgemont e quatro dos seus antigos conselheiros (cargo equivalente a ministro) estão a ser processados judicialmente em Espanha por crimes de sedição, rebelião, mau uso de fundos públicos, desobediência e prevaricação, tendo sido emitidas e entretanto anuladas ordens europeias de detenção e entrega.

Com a anulação dos pedidos de extradição, fica encerrado o caso na Bélgica.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG