Carro explode na embaixada chinesa no Quirguistão

Um bombista suicida fez explodir o carro no portão da embaixada, causando três feridos

Um carro explodiu hoje após embater contra o portão da embaixada chinesa na capital do Quirguistão, informou a polícia.

Fontes médicas informaram que o condutor do carro morreu, enquanto dois funcionários da embaixada e uma mulher ficaram feridos.

"Como resultado da explosão apenas o terrorista bombista suicida morreu. Seguranças ficaram feridos", indicou o vice-primeiro ministro do país Jenish Razakov.

Uma fonte da polícia de Bichkek disse à agência AFP que o carro, um Mitsubishi Delica, embateu contra o portão da embaixada antes de explodir no centro do complexo, perto da residência do embaixador.

Outra fonte do serviço de segurança nacional da Ásia Central disse que um "dispositivo explosivo" foi colocado dentro veículo.

Residentes da zona disseram à AFP que a explosão fez rebentar as suas janelas e abanar as casas.

Os funcionários da embaixada chinesa e da norte-americana foram retirados dos edifícios, informaram os serviços de emergência quirguistaneses.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG