Capitólio encerrado devido a suspeitas de uma pessoa armada

Trabalhadores e visitantes tiveram de se barricar no edifício enquanto decorreu a operação policial

O Capitólio, em Washington, foi encerrado e todas as pessoas foram obrigadas a protegerem-se, trancando as portas e sendo aconselhadas a manterem-se afastadas das janelas. Em causa estava a suspeita que uma pessoa estaria armada no edifício.

O Washington Post escreve que foi a polícia quem ordenou o encerramento, para assim procurar a pessoa em causa. Publicou ainda uma nota que pedia: "Se está no exterior do edifício procure proteção longe da área."

Uma porta-voz da polícia do Capitólio afirmou que o encerramento foi feita por precaução enquanto "é investigada uma pessoa de interesse".

A NBC Washington refere que surgiram relatos que parecia que uma pessoa tinha uma arma, o que originou a operação que decorreu durante 40 minutos.

Na altura decorria uma sessão plenária que foi interrompida.

(Notícia atualizada)

Mais Notícias

Outras Notícias GMG