Câmara dos Representantes limita poderes de Trump para atacar o Irão

Em junho, Trump esteve a minutos de ordenar um ataque com mísseis, como represália por os militares iranianos terem abatido um drone norte-americano.

A Câmara dos Representantes dos EUA, controlada pelos Democratas, aprovou esta sexta-feira a limitação dos poderes presidenciais em relação a declarar a guerra ao Irão e recusou a proposta de orçamento para o Pentágono.

A votação sobre as medidas anuais relativas à Defesa, que obriga Donald Trump a requerer a autorização do Congresso para atacar o Irão, traduziu-se em 251 votos contra 170, depois de cerca de duas dúzias de representantes Republicanos terem votado ao lado dos Democratas.

Em junho, Trump esteve a minutos de ordenar um ataque com mísseis ao Irão, como represália por os militares iranianos terem abatido um drone (aparelho aéreo não-tripulado) norte-americano.

A proposta de orçamento para o Pentágono apresentada pela Casa Branca, que ascendia a 750 mil milhões de dólares (666 mil milhões de euros), foi aprovada mas reduzida em 17 mil milhões de dólares.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG