Caçador furtivo morto por elefante e comido por leões

Homem estaria a tentar caçar ilegalmente rinocerontes no Kruger Park quando confirmou a máxima de que, por vezes, o caçador se transforma na presa

Uma cabeça ensanguentada e roupas esfarrapadas. Isto foi tudo o que a polícia sul-africana conseguiu encontrar de um caçador furtivo que, na passada segunda-feira, dia 1 de abril, entrou na área de Crocodile Bridge, no Kruger Park, para tentar caçar rinocerontes, acabando por tornar-se na presa.

De acordo com os depoimentos de outros dois caçadores furtivos, que integravam o mesmo grupo e foram detidos, o homem - cuja identidade não foi revelada - terá sido primeiro atacado por um elefante enfurecido, que o espezinhou até à morte, com os restantes caçadores a aproveitarem a confusão para fugirem do local.

Dado o alarme, a polícia, apoiada por guardas do parque e por um helicóptero, tentou de imediato localizar o corpo da vítima, com o objetivo de o recuperar antes de anoitecer. Mas não tiveram sorte.

Quando os agentes e guardas finalmente localizaram o caçador, na quinta-feira, já não restava quase nada. Tinha sido devorado por um grupo de leões.

"Entrar no Kruger ilegalmente e a pé não é sensato e coloca muitos perigos, de que este incidente é uma clara prova", disse Glenn Phillips, administrador do parque. "Foi muito triste termos de ver as filhas do falecido chorarem a morte do seu pai e, ainda pior, só poderem recuperar uma pequena parte do seu corpo".

Apesar de as vítimas serem muito mais frequentemente os animais -e os rinocerontes, alvo daquele caçador, são uma espécie particularmente ameaçada - os ataques por animais ocorrem ocasionalmente, tendo a virtude de fazer algumas pessoas pensarem duas vezes antes de se dedicarem à caça ilegal.

No ano passado, em julho, os restos de três caçadores furtivos - também devorados por leões - foram encontrados na reserva privada de caça de Sibuya, na parte Oeste da África do Sul. O objetivo destes caçadores era igualmente caçar rinocerontes.

Já em dezembro, também no Kruger Park, outro caçador furtivo foi devorado por leões.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG