Lib-Dem e SNP aceitam eleições antecipadas mas com adiamento até janeiro

A oposição defende eleições legislativas antecipadas a 9 de dezembro, três dias antes da data proposta por Boris Johnson. Labour recusou apoiar a antecipação do escrutínio a menos que seja afastada a hipótese de No Deal.

Dois partidos da oposição no Reino Unido, os liberais-democratas e os nacionalistas escoceses, aceitaram este domingo realizar legislativas antecipadas, como quer o primeiro-ministro, Boris Johnson, desde que haja um adiamento do Brexit para janeiro.

"Se esse prolongamento significativo for obtido, trabalharemos em conjunto para desencadear eleições este ano", declarou o líder parlamentar do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Ian Blackford, numa carta conjunta com a líder dos Liberais-Democratas (LibDem), Jo Swinson, enviada ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Os dois partidos defendem eleições legislativas antecipadas a 9 de dezembro, três dias antes da data proposta por Boris Johnson (12 de dezembro) e cerca de três anos antes do termo da atual legislatura, em 2022.

Liberais-democratas e nacionalistas escoceses defendem por outro lado que a data de saída do Reino Unido da União Europeia (UE), 31 de outubro, seja adiada até 31 de janeiro, para dar mais tempo ao parlamento britânico para debater o acordo de saída assinado pelo primeiro-ministro conservador.

Boris Johnson propôs na quinta-feira antecipar as eleições legislativas para 12 de dezembro, oferecendo em troca aos deputados mais tempo para debater a legislação sobre o Brexit.

O governo já tinha proposto eleições legislativas antecipadas por duas vezes, em setembro, mas foi bloqueado pela oposição, pois são necessários os votos de dois terços da Câmara dos Comuns (434) para avançar.

O principal partido da oposição, o Partido Trabalhista, recusou apoiar a antecipação das eleições a menos que seja afastada a opção de um Brexit sem acordo, o chamado No Deal.

Os líderes da UE decidem no princípio desta semana a duração do novo adiamento do Brexit.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG