Bombista suicida de Istambul tinha ligações ao Estado Islâmico

Confirmação foi dada pelo ministro do Interior turco. Um português ficou ferido no atentado

O ministro do Interior turco, Efkan Ala, confirmou hoje que o autor do atentado suicida de Istambul, que no sábado causou cinco mortos e 36 feridos, tinha ligações com o grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico (EI).

De acordo com o ministro, o autor do atentado era Mehmet Öztürk, um jovem nascido em 1992 na cidade de Gaziantep, no sudeste da Turquia.

Öztürk mantinha vínculos com as redes jihadistas do EI na Turquia, assinalou o ministro, acrescentando que ainda prossegue a investigação no sentido de saber se o bombista suicida tinha ligações com outros grupos.

O jovem turco não tinha antecedentes policiais nem era procurado pelas autoridades, referiu ainda o ministro, acrescentando que, até ao momento, foram detidas cinco pessoas suspeitas de estarem relacionadas com o atentado.

No sábado, um ataque suicida perpetrado na cidade turca de Istambul causou cinco mortos e 36 feridos, sendo 12 deles estrangeiros e, entre os quais, um português.

Segundo relatos de testemunhas feitos à CNN na Turquia, o suicida caminhava a uma curta distância de um grupo de turistas, que poderia ser o alvo do ataque.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG