Bombista linchada por multidão depois de colete de explosivos não ter detonado

O incidente aconteceu depois de outra mulher se ter feito explodir num mercado da cidade

Uma bombista foi linchada por "uma multidão irada" depois de o colete de explosivos que transportava não ter explodido, na cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, informou a polícia local. O dispositivo foi mais tarde detonado pelos agentes.

O incidente aconteceu depois de uma mulher se ter feito explodir num mercado da cidade, num ataque em que a terrorista foi a única vítima. As autoridades acreditam que os dois ataques foram coordenados e planeados para fazer mais vítimas.

Os ataques ainda não foram reivindicados, mas o modo de operação é semelhante aos dos ataques do grupo Boko Haram, que tem utilizado crianças e mulheres para cometer atentados.

No sábado passado, o presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, afirmou que o exército nigeriano "esmagou" os terroristas do Boko Haram na floresta de Sambisa, um dos últimos redutos do grupo islâmico nesta região do país.

O grupo islamita é autor de numerosos sequestros, incluindo o de mais de 200 estudantes do sexo feminino da cidade de Chibok em abril de 2014. Apenas algumas foram encontradas desde essa altura.

Com Lusa

Mais Notícias

Outras Notícias GMG