Bolsonaro desfila em carro cheio de crianças e sem máscara

Presidente brasileiro está a ser criticado por não ter tomado precauções sanitárias nas comemorações da independência do Brasil. Jair Bolsonaro testou positivo à covid-19 e terá já recuperado.

As comemorações dos 198 anos da independência do Brasil foram reduzidas devido à pandemia, mas estão a gerar polémica por causa da decisão do atual presidente em se rodear de crianças, sem ele próprio tomar as mais básicas precauções sanitárias.

Jair Bolsonaro saiu nesta segunda-feira do Palácio da Alvorada, a residência oficial do presidente, em Brasília, rodeado de oito crianças, e embarcou com elas num Rolls Royce descapotável, que seguiu em desfile até ao local da cerimónia.

Como logo apontaram vários observadores e jornalistas, nem o presidente - que esteve infetado com o novo coronavírus - usou qualquer máscara de proteção nem várias das crianças que o acompanhavam tinham qualquer proteção respiratória.

Veja no vídeo em baixo a reportagem da TVBrasil:

Já no local da cerimónia, que neste ano se resumiu ao hastear da bandeira e ao sobrevoo do Esquadrão da Fumaça, Bolsonaro foi recebido com gritos de "mito" pelos apoiantes.

Tinha à sua espera a mulher, Michelle - ela própria também esteve infetada com covid-19 mas também já terá recuperado. Esta usava máscara de proteção.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG