Bélgica suspende obrigação de uso de máscara ao ar livre a partir de outubro

O uso da máscara permanece obrigatório nos transporte público, lojas ou cinemas.

O Conselho de Segurança Nacional da Bélgica decidiu que o uso da máscara não será obrigatório a partir de outubro, tal como acontece neste momento.

"Usar uma máscara continua a ser muito importante para conter a propagação do vírus", disse a primeira-ministra Sophie Wilmès, durante uma conferência de imprensa na quarta-feira. "No entanto, é inútil torná-las obrigatórias a qualquer hora, em qualquer lugar", frisou.

As máscaras deixarão de ser obrigatórias ao ar livre, exceto em locais e espaços movimentados onde a distância social não seja garantida.

Esses lugares serão determinados sempre a nível local. "Para ter uma política coerente em todo o território, pedimos às autoridades locais que façam um acompanhamento rigoroso desta medida", disse Wilmès.

O uso da máscara permanece obrigatório nos transportes públicos, lojas ou cinemas.

Imediatamente após a conferência de imprensa, o Ministro-Presidente de Bruxelas, Rudi Vervoort, anunciou que a obrigatorieddade de usar máscara ao ar livre cessa em toda a região de Bruxelas a partir do dia 1 de outubro.

Esta atualização das regras em relação ao uso da máscara era esperada desde agosto, na altura da última reunião Conselho de Segurança Nacional da Bélgica, uma vez que muitas autoridades locais decidiram tornar as máscaras obrigatórias em todo o município, em florestas ou até em ruas vazias, escreve o The Brussels Time.

No entanto, não foram feitas alterações nessa altura e Wilmès disse que, a nível nacional, era muito difícil decidir quais as ruas que estavam cheias e as que não o estavam.

Mais Notícias