Cinco portugueses resgatados de barco naufragado nas Astúrias 

O pedido de ajuda foi feito cerca das 15:30 locais e foram resgatados os 12 tripulantes de barco de pesca

Um barco de pesca galego naufragou esta tarde ao largo de Luarca, uma vila piscatória, nas Astúrias, norte de Espanha. Na embarcação seguiam 12 tripulantes - cinco deles portugueses - e todos foram resgatados.

"Estão todos bem. Apresentavam sintomas de hipotermia e estão no hospital apenas por precaução", afirmou à Lusa o Cônsul de Léon Eduardo Pereira.

O responsável pelo consulado de Portugal em Léon adiantou não lhe ter sido ainda fornecida informação sobre as zonas de origem dos cinco portugueses.

Os serviços de Salvamento Marítimo de Gijon informaram que todos os tripulantes do barco, construído em 1997, foram resgatados por dois helicópteros e apresentam sintomas de hipotermia.

Sete dos tripulantes foram transportados para o porto de El Musel, nas Astúrias, e os outros cinco para o porto de Viveiro, na Galiza.

De acordo com a Voz da Galicia, o pedido de socorro foi feito às 15:30 locais (menos uma hora em Lisboa) e tinha sido detetada uma balsa salva vidas com oito pessoas. Entretanto, às 17:30 locais já havia informação do resgate de 11 pessoas, estando ainda decorrer uma operação de salvamento para resgatar o 12.ª tripulante, a qual envolveu vários meios.

O barco, um atuneiro, aconteceu a cerca de 50 milhas da costa de Navía, nas Astúrias.

A embarcação Gure Uxua, com 19 metros de comprimento e construída em 1997, já em dezembro passado tinha tido problemas num motor, tendo sido rebocada pelas autoridades marítimas, segundo a mesma fonte.

A Galiza também está a ser fortemente afetada pelo mau tempo. As previsões apontavam para vento muito forte e chuva intensa na província da Galiza e na cordilheira cantábrica.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG