Avião da EgyptAir enviou sinal de alerta depois de desaparecer do radar

Informação foi avançada pelos egípcios e corroborada pela agência meteorológica e oceânica dos EUA

O avião da EgyptAir que se despenhou no Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo emitiu um sinal de alerta depois de desaparecer dos radares, revelaram esta terça-feira as autoridades egípcias. A informação foi confirmada e corroborada por responsáveis norte-americanos da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), a agência meteorológica e oceânica dos EUA.

Segundo o jornal britânico The Guardian, a agência estatal de informação egípcia referiu que os investigadores receberam dados recolhidos por satélite que indicam a transmissão de um sinal do ELT (o transmissor localizador de emergência do avião). As coordenadas deste sinal estão agora a ser utilizadas para diminuir o perímetro das buscas.

O avião desapareceu dos radares às 2.29 da madrugada, hora local, e de acordo com o tenente Jason Wilson, da NOAA, o ELT no avião começou a transmitir às 2.36. O sinal foi recebido por cinco satélites, espoletando um alerta para uma estação terrestre em Chipre que confirmou a identidade do Airbus A320 e limitou a área onde o avião se despenhou a cerca de cinco quilómetros.

De acordo com a agência Bloomberg, uma estação terrestre no Maryland, EUA, recebeu também informação de satélite, mas não a suficiente que permitisse determinar a localização do sinal do voo

Os investigadores responsáveis pelas operações de busca e resgate estimam, porém, que seja necessária ainda uma semana, pelo menos, até recuperar as caixas negras do avião. Entretanto, várias equipas continuam a retirar os corpos das vítimas e os destroços do voo MS804 da EgyptAir do Mediterrâneo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG