Autodesignado IRA reivindica envio de pacotes armadilhados

Polícia inglesa e da Escócia dizem que aviso foi recebido por um órgão de comunicação social na Irlanda do Norte.

Um grupo autodenominado Exército Republicano Irlandês (IRA, sigla em inglês) reivindicou o envio dos pacotes armadilhados encontrados na semana passada em Inglaterra e na Escócia, anunciaram esta terça-feira fontes policiais.

Numa declaração conjunta, citada pelo The Guardian, as polícias de Londres e da Escócia informaram que a reivindicação foi entregue segunda-feira a um órgão de comunicação social na Irlanda do Norte e com recurso a uma palavra de código reconhecida.

As autoridades encontraram na semana passada quatro pacotes armadilhados, com selos da República da Irlanda e indicando Dublin como origem: três em Londres - aeroportos de Londres e Heathrow, estação de comboios de Waterloo - e um na Universidade de Glasgow. Contudo, os autores da mensagem indicaram ter enviado cinco desses engenhos.

As polícias indicaram já estar a investigar a hipótese do envolvimento do IRA ainda antes de receberem aquela reivindicação, dado que os pacotes armadilhados - aparentemente não preparados para matar - apresentavam semelhanças com as bombas enviadas no passado por grupos dissidentes terroristas na Irlanda do Norte.

Segundo as duas polícias, foram alertadas "as empresas e setores relevantes para que estejam vigilantes e denunciem pacotes suspeitos" às autoridades.

"Continuamos a pedir ao público que se mantenha vigilante e denuncie qualquer objeto suspeito", acrescentaram as duas polícias.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG