Ativistas que desapareceram ao investigar fábrica de Ivanka Trump estão presos

Ativistas estiveram mais de uma semana em paradeiro desconhecido

O advogado de um dos três ativistas desaparecidos na China enquanto investigavam a fábrica que produz os sapatos da marca de Ivanka Trump revelou que os homens estão presos. Wen Yu, o advogado, reveçlou que os os ativistas estão detidos em Ganzhou, no sudeste da China, e que apenas esta terça-feira conseguiu entrar em contacto com o seu cliente, Hua Haifeng.

Wen Yu garantiu à Associated Press que o cliente não foi agredido pelas autoridades. Na semana passada foi divulgado que Haifeng foi detido e acusado de vigilância ilegal, mas o paradeiro dos outros dois ativistas apenas foi revelado hoje.

Os ativistas trabalham com a organização não-governamental China Labor Watch, com sede em Nova Iorque, e estavam a inspecionar as condições de trabalho na Huajian, a fábrica chinesa que produz para a marca Ivanka Trump e outras vendidas no estrangeiro.

O grupo planeava escrever um relatório sobre as condições de trabalho na unidade, descrevendo os baixos salários, o tempo excessivo de trabalho e o abuso de estagiários.

A empresa Huajian negou estas acusações e garante que deixou de fabricar produtos da marca de Ivanka Trump há alguns meses.

O departamento de Estado norte-americano pediu esta segunda-feira a libertação imediata de Hua Haifeng, Li Zhao e Su Heng.

"Estamos preocupados com relatos de que as autoridades chinesas detiveram ativistas dos direitos dos trabalhadores Hua Haifeng e que outros dois ativistas - Su Heng e Li Zhao - estão desaparecidos e provavelmente detidos", disse a porta-voz do departamento de Estado, Alicia Edwards.

"Pedimos que a China os liberte imediatamente e lhes conceda um julgamento justo e as proteções judiciais a que têm direito", continuou Edwards, citada pela Reuters.

Nos últimos 17 anos, a organização China Labor Watch tem investigado as condições de trabalho nos fornecedores de algumas das empresas mais conhecidas a nível mundial.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG