Ataque terrorista mata militares americanos no sudoeste do Níger

Foram mortos três soldados africanos e um membro de uma "nação parceira", cuja nacionalidade não foi revelada

Três soldados americanos e um membro de uma "nação parceira" foram mortos no Níger no decurso de uma operação antiterrorista, confirmou hoje o responsável pelo comando militar americano em África (Africom).

Dois outros soldados americanos escaparam com vida e foram transportados para o hospital militar americano em Landstuhl, na Alemanha. A nacionalidade do quarto militar morto na operação não foi revelada pelo Africom.

A emboscada, que teve lugar no sudoeste do Níger, matou igualmente soldados nigerianos, num ato classificado como "terrorista" pelo presidente nigerino, Mahamadou Issoufou.

"O nosso país foi uma vez mais alvo de um ataque de grupos terroristas, ataque que infelizmente se saldou num número importante de vítimas", declarou.

O presidente do Níger falava na abertura do fórum internacional das primeiras damas da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) na cidade de Niamey, capital do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG