Apoiante de extrema-direita salvo por novo herói antirracista

A manifestação do movimento "Black Live Matter" originou confrontos e neles emergiu Patrick Hutchinson, protagonista de uma foto em que carrega em ombros um opositor em perigo. "Salvámos uma vida", escreveu nas redes sociais.

No meio do caos que se gerou durante os confrontos entre manifestantes de extrema-direita e antirracismo este sábado na Trafalgar Square, em Londres, emergiu uma atitude que demonstra que o sentido de humanidade ultrapassa qualquer divergência.

As fotos têm estado a correr mundo e mostram Paul Hutchinson, um negro que se manifestava como apoiante do movimento Black Lives Matter, que ganhou novo fôlego na sequência da morte de George Floyd às mãos da polícia americana, a carregar em ombros um apoiante de extrema-direita, que no meio dos violentos desacatos foi socorrido quando se encontrava em perigo, ferido e caído no chão.

"Hoje salvámos uma vida", escreveu nas redes sociais Paul Hutchinson, um personal trainer e treinador de atletismo do Hercules Wimbledon Athletics Club, que acrescentou: "Não é preto versus branco, mas sim todos contra os racistas. Estávamos de costas um para o outro e protegemos quem precisa de nós." Afinal, todas as vidas importam...

Uma atitude que provocou uma série de reações em cadeia entre os seus seguidores no Instagram e palavras como "orgulho" e "humanidade" foram associadas ao momento eternizado nas fotos, onde Hutchinson surge carregando o homem que, previsivelmente, é defensor da separação de raças, perante a proteção da polícia antimotim, que procurava restabelecer a ordem no local.

De acordo com o tabloide britânico Daily Mail, o homem, cuja identidade não é conhecida, terá sido espancado por alguns manifestantes, acabando por ser salvo por Patrick Hutchinson, que emerge assim através dos seus atos como herói nesta nova luta antirracista que foi iniciada há quase três semanas, quando George Floyd foi sufocado até à morte por um polícia, que o deteve com um joelho no pescoço, na cidade americana de Minneapolis.

Mais Notícias