Alerta em Lyon após mulher ameaçar fazer explodir embrulho

A estação de Part-Dieu foi evacuada e que foi estabelecido um perímetro de segurança, tendo uma pessoa sido interrogada.

A polícia francesa evacuou hoje uma estação ferroviária em Lyon (sudeste de França) após uma mulher ter ameaçado fazer explodir um embrulho que transportava, informaram os media locais.

A mulher gritava "Allah-u-Akbar" (Deus é grande em árabe) e foi isolada pela polícia, indicou o diário Le Progrès.

O departamento regional de polícia confirmou à agência noticiosa espanhola EFE que a estação de Part-Dieu foi evacuada e que foi estabelecido um perímetro de segurança, tendo uma pessoa sido interrogada.

Adiantou que uma equipa anti-bomba foi enviada para a estação, onde o tráfego ferroviário foi interrompido.

O líder parlamentar do partido Os Republicanos, Damien Abad, estava na estação Part-Dieu e preparava-se para apanhar um comboio para ir até Ehpad, perto de de Nîmes, para ir visitar o pai, quando tudo aconteceu. "Evacuação imediata da estação. Sector bloqueado", escreveu no Twitter.

O incidente ocorre seis dias depois de um professor francês ter sido decapitado nos arredores de Paris por ter mostrado caricaturas do profeta Maomé numa aula sobre liberdade de expressão. O agressor foi abatido pela polícia.

Part-Dieu é a principal estação ferroviária de Lyon, a terceira maior cidade de França.

Mais Notícias